Agentes da Secretaria Municipal de Saúde visitaram familiares da paciente para entregar materiais e passar orientações

Prefeitura de Nova Iguaçu informou que acompanha de perto o caso da paciente internada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Botafogo, no município da Baixada Fluminense, com suspeita de coronavírus. A mulher de 49 anos entrou, nesta quinta-feira, na lista da Secretaria estadual de Saúde denove possíveis casos da doença.
 
De acordo com a prefeitura, a mulher esteve na Europa, onde fez uma conexão aérea em Milão, na Itália.  O país europeu já registrou cerca de 650 casos da doença, com mais de 15 mortos. O único caso confirmado no Brasil é de um homem de 61 anos de São Paulo que viajou pela região da Lombardia, no país banhado pelo Mediterrâneo.
 
A paciente chegou à UPA estadual após ser transferida do Hospital Geral de Nova Iguaçu (Posse), onde deu entrada na manhã de quarta com sintomas de tosse, febre e coriza. Após ser avaliada e classificada sem risco, foi encaminhada à Unidade de Pronto Atendimento, onde só quando informou que esteve na Europa.
Ainda segundo a Prefeitura de Nova Iguaçu, mesmo sem a confirmação da contaminação da doença, a Secretaria Municipal de Saúde iniciou o protocolo de bloqueio do Covid-19 à moradora.
 
Ontem, uma equipe da pasta visitou a família da mulher, entregando para cada parente máscara e termômetro. Os familiares também foram orientados a lavar as mãos com frequência, utilizar lenço descartável, entre outros cuidados de higiene pessoal. Ninguém na residência foi diagnosticado com algum sintoma de gripe.

 

Fonte: O DIA

 
 
 

Faça o seu comentário