Algo tão importante como os nossos dentes, deveria ser levado mais a sério. Sabia que a mastigação é algo tão importante que você não tiver cuidados pode desenvolver algumas doenças? Caso você não tenha todos os seus dentes ficará difícil ter uma mastigação correta.

É, pode parecer brincadeira, mas não é.

Coisas tão simples como trocar as escovas de dentes, se possível comprar de preferência escovas com cerdas macias.

Fazer uso do enxaguante bucal, pelo menos uma vez ao dia, fazer o mesmo com o fio dental.

Aprender usar corretamente o fio dental para não ocasionar um sangramento.

Pois não é comum sua gengiva sangrar, a menos que você tenha alguma doença ou talvez use incorretamente o fio dental.

Não é simplesmente passar entre os dentes, existe um jeito correto, um tamanho ideal de fio a ser usado.

Coisas tão simples, mas que eu por exemplo, não sabia.

Porém podem fazer toda diferença quando você sorrir, ou até mesmo quando o orçamento do dentista estiver mais barato.

Ir ao dentista uma vez por ano, é algo que para muitos está longe de ser uma realidade.

Então faça o que estiver ao seu alcance para poder prevenir doenças ocasionadas pela falta de escovação ou até mesmo com uma escovação incorreta. Até a forma que você escova os seus dentes mudam, tem um jeito para escovar quando criança, e outra quando estiver na idade adulta.

Não leve a mal, leve em consideração.

O seu sorriso é lindo e o” clichê cartão de visitas não precisa ser rasurado.”

De atenção à saúde da sua boca e principalmente para os seus amigos dentes.

Para evitar o desenvolvimento de cáries e da placa bacteriana nos dentes é fundamental escovar os dentes pelo menos 2 vezes ao dia, sendo que uma delas deve ser sempre antes de dormir, pois durante a noite há maior chance das bactérias se acumularem na boca.

Para a escovação dos dentes ser eficaz deve-se usar pasta com flúor desde o nascimento dos primeiros dentes e mantida ao longo da vida, para se manter os dentes fortes e resistentes, evitando o desenvolvimento de cáries e outras doenças bucais como cárie e gengivite, que causam dor e dificuldade em comer, por exemplo.

Por: Laís Ayres

Faça o seu comentário