Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, os infectados estão sendo acompanhados e mostram boa evolução; ao todo, Estado tem 34 casos positivos

A cidade do Rio de Janeiro tem 26 casos confirmados da varíola dos macacos (Monkeypox). Os números foram confirmados pela Secretaria Municipal de Saúde na tarde deste sábado (9). A pasta informou que todos os pacientes apresentam boa evolução clínica e vêm sendo monitorados diariamente. 
 
Ao todo, são 34 casos confirmados em todo o Estado. Dentre eles, 29 são de moradores da Região Metropolitana I, que corresponde à capital e os municípios da Baixada Fluminense. Na Região Metropolitana II (Itaboraí, Maricá, Niterói, Rio Bonito, São Gonçalo, Silva Jardim e Tanguá) são contabilizados cinco casos. Segundo o boletim, 10 casos seguem em investigação no Estado e 32 já foram descartados.
 
No país, no último informe do Ministério da Saúde publicado na última quinta-feira (7), o Brasil já havia registrado 142 casos da doença.
 
Sintomas e prevenção
 
Os primeiros sintomas podem ser febre, dor de cabeça, dores musculares e nas costas, linfonodos inchados, calafrios ou cansaço. De um a três dias após o início dos sintomas, as pessoas desenvolvem lesões de pele, geralmente na boca, pés, peito, rosto e ou regiões genitais.

Para a prevenção, deve-se evitar o contato próximo com a pessoa doente até que todas as feridas tenham cicatrizado, assim como com qualquer material que tenha sido usado pelo infectado. Também é importante a higienização das mãos, lavando-as com água e sabão ou utilizando álcool gel.

 
Caso apresente esses sintomas, pede-se para entrar em contato com a Vigilância de Saúde o mais breve possível.
 
Fonte: Meia Hora