Festas movimentam a economia, geram empregos e atraem turistas de várias partes do país. A de Macaé começa amanhã

Segura peão, porque as porteiras estão abertas! Depois de 2 anos parados devido à pandemia, os Parques de Exposições de municípios do estado voltaram a receber as feiras agropecuárias. Os eventos além de atrair turistas de todo o país, movimentam a economia e geram empregos temporários. 

Amanhã o Parque de Exposições Latiff Mussi, em Macaé, no Norte Fluminense, vai receber mais uma edição da tradicional Expo Macaé. O evento encerra no dia 31 de julho, com shows gratuitos e sob venda de ingressos. Este ano, fazem parte da programação que integra as comemorações dos 209 anos do município, shows de Jorge e Mateus, Ferrugem e Chitãozinho e Xororó.

Entre os dias 3 e 7 de agosto será a vez de Santo Antônio de Pádua, no Noroeste Fluminense. A Exposição Agropecuária do município além de marcar o retorno do rodeio, terá novas atrações como motocross. Léo Santana, Gustavo Mioto, Alexandre Pires já estão com presenças confirmadas na feira que acontece no Parque de Exposições Governador Antônio de Pádua Chagas Freitas.

Em setembro, entre os dias 2 e 7, o município de Cambuci, no Norte Fluminense, também irá realizar a ExpoCambuci. A última edição aconteceu em 2018. A programação dos shows ainda não foi oficialmente divulgada. 

No dia seguinte ao encerramento da festa em Cambuci, o Parque de Exposições Edgar Rodrigues Luterbach, no Centro de Macuco, também receberá mais uma edição do Expo Macuco, que acontece até o dia 11 de setembro com shows de Tierry, Barões da Pisadinha, Roberta Miranda e Dilsinho.

Exposições foram retomadas em abril com recorde de público

O município de Cordeiro recebeu entre os dias 16 e 24 de julho mais de 300 mil pessoas na tradicional Exposição Agropecuária, Industrial e Comercial da Região Serrana, que é considerada uma das maiores feiras do segmento no Estado do Rio de Janeiro. O evento movimentou mais de R$ 1 milhão em negócios.

Em 2021, quando completou 100 anos, o Governo do Estado declarou a ExpoCordeiro como Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial do Rio. Jonathan Gonçalves aguardou ansioso a chegada de mais uma edição da feira. Ele participa do evento há quase uma década, mas este ano foi especial.

– Fui convidado para ser o apresentador oficial da exposição. Para quem trabalha com eventos, essa espera de 2 anos foi muito dolorosa. Muitas famílias dependem disso. Falo não só por mim, mas também pelos comerciantes que trabalham vendendo seus produtos, o pessoal de apoio, entre outros – disse Jonathan. 

Em Itaguaí, na Costa Verde, as comemorações dos 204 anos do município também foram marcadas com a ExpoItaguaí, no Parque de Exposições. O evento aconteceu entre os dias  30 de junho e 5 de julho. De acordo com a administração municipal houve um aumento de cerca de R$ 15 milhões na arrecadação em função da festa. Só nos três primeiros dias da exposição, mais de 200 mil pessoas, entre itaguaienses e turistas passaram pelo evento.

– A Secretaria de Estado de Turismo intensificou a promoção do turismo nas 12 regiões turísticas do estado, mas com foco no interior e seus potenciais de atração. O Turismo Rural é uma vertente de desenvolvimento econômico e cultural nas áreas rurais, por meio de atividades turísticas – explicou o Secretário da Setur, Sávio Neves.

Fonte: Núcleo de Imprensa do Governo do Estado do Rio de Janeiro