É, já está aí bem pertinho. Os brasileiros já estão em clima de festa, em clima de Carnaval. Viagens, desfiles de escolas de samba, blocos de rua, trios elétricos, festas à fantasia, aquela farofada toda, alegria e euforia. O feriado pode ser aproveitado de várias maneiras, mas no fundo todos querem a mesma coisa: uma boa bagunça. E com samba no pé. Até porque, nessa época, Strauss e Bach não fazem muito sucesso.

Quer curtir? Curta sim! Mas poxa,  curtir o Carnaval não precisa ser sinônimo de irresponsabilidade e destruição. Não é pra ‘virar a cabeça’ ao avesso e externar nas praças, nas ruas, nas praias, ou seja aonde for,  toda uma euforia desequilibrada com toques nada agradáveis de vandalismos.  Dá para aproveitar os quatro dias de festa com muita alegria e sem contribuir para a depredação do meio ambiente e da cidade onde você está.

Sério amigo,  fazer xixi no asfalto? destruir placas de sinalização, subir em cima de árvores e depredar monumentos? Isso  não tem nadica de nada  a ver com diversão, mas sim com falta de cidadania. Um atestado de inconsciência. Parece bobeira mas não é. Parece que o povo entra tanto na festa da carne que deixa a lógica e o raciocino de folga.  A sujeira pós carnaval  é enorme. É um dos  maiores problemas do pós-feriado: latas de alumínio, garrafas de vidro, copos plásticos, preservativos usados,  panfletos de divulgação são facilmente encontrados nas ruas. E isso afeta a saúde pública da população.

No entanto, pra você que esta se programando pra um bom feriado, vou dar três  boas dicas para uma curtição mais consciente e saudável. Pra você e para o seu coleguinha.

1-  POUPE  ENERGIA

Calma calma! Poupar energia em pleno carnaval? Claro que isso é o que não ocorrerá mesmo. E está certo mesmo. Mas não estou falando de energia física nem de vigor físico. Mas da energia elétrica!  Se você for viajar, não esqueça de tirar da tomada todos os aparelhos eletroeletrônicos – como televisão, computador e microondas. Segundo o Instituto Akatu pelo Consumo Consciente, tirar esses equipamentos da tomada, quando eles estão fora de uso, pode reduzir a conta de luz em até 25%.

2- CAMISINHA NA CABEÇA!

Não se esqueça disso nunca! É proteção e prevenção. É saúde. Além de evitar a gravidez indesejada, a camisinha previne da contaminação de doenças sexualmente transmissíveis. É um bem que voce faz a você mesmo e ao seu próximo.

3- BEBA COM MODERAÇÃO

Dizem que se conselho fosse bom, se vendia não é? Mas conselho bom é pra se dar mesmo! Tudo que for pra ajudar o próximo, fará bem para mim mesmo. E então: Beba pouco! Eu iria dizer pra não beber né, não bebo nada de alcoólico. Mas, sei que a galera bebe e bebe muito, e por isso faço um apelo: Cuidado com o excesso do álcool. Ninguém merece ser vitima de acidente de trânsito por causa de um descuido idiota com a bebida. Também é importante ter em mente que o álcool desidrata o organismo: para evitar a ressaca, beba água, isotônicos e sucos naturais.

São poucas dicas. Existem uma infinidade ai de outras boas dicas. Mas considero as que indiquei de uma grande importância e que envolve toda uma sustentabilidade. Durante o carnaval, centenas de milhares de litros vão direto dos carros-pipas para os bueiros após a lavagem das ruas. É tolice o desperdício em excesso numa coisa que não é prioridade e que se houvesse um pouco mais de cuidado, não seria necessário.

Quer curtir? Curta amigo! Desestresse um pouco pra voltar à rotina de trabalho depois. Aproveite a família e os amigos. Dance e pule, rode e sapateie. E o bom do carnaval é que todo mundo vira sambista, e toda rua vira um sambódromozinho. Não há timidez alguma, todo mundo mesmo sem saber fazer um só movimento de samba direito, estão nem aí!

Bom, em suma…tome cuidado viu? Siga as dicas! São de coração! Mas, qualquer coisa,  não hesite,  pode me chamar pro chá de bebê lá pra novembro.

Um abraço e que Deus nos abençoe !

J.C.Marques

lista_noticias_e5f2c8be