Todo mundo reclama de todo mundo. Fulano reclama de Ciclano, que também reclama de Beltrano. E todos estes dizem e afirmam não existir mais amigos no mundo.  Dizem que a “coisa” tá difícil e que não dá pra confiar em ninguém! E vociferam por aí que não existe mais confiança, que não existe mais amor, e que a tolerância deteriorou-se e que tá tudo muito complicado e blá blá blá.

De fato, realmente o homem está sim, cada vez mais distante do próximo. É uma realidade que uma “alma” nao consegue mais tocar em outra “alma”. Ou poucos conseguem fazer isso, pra nao generalizar – Até porque existem as exceções. Mas vivemos dias que o amor está se esfriando de forma gradativa. Nada que a Bíblia não nos tenha avisado. E com o advento da internet, com o surgimento das redes sociais, tem-se criado um bloqueio absurdo entre as relações pessoais. Digo PES-SO-AIS no sentido intimo de relação, onde há a troca de olhares, onde podemos ver e sentir de perto. Sem máscaras. Na relação de alma e coração. E com tudo isso, através desse imediatismo, aonde estão os amigos? Cada vez mais confundidos com “contatos”, cada vez mais confundidos com “curtidores de fotos”, igualados a “seguidores”. Aonde estão os amigos? Onde? Hein?

Mas o que eu quero chamar atenção aqui, é o seguinte: Mas e você? O que tem feito? Você reclama do Fulano que é falso, mas será que em você nao habita nada de falsidade? Será que em tudo voce consegue ser transparente? Até mesmo para aquele seu amigo mais intimo? Tenho minhas dúvidas e sei que você também tem.

Será que voce é um bom guardador de segredos? Será que você pode se dizer que é um amigo? Se você fizer uma análise introspectiva, será que encontrará um ser amigo e verdadeiro ai dentro? Ou ainda existem mazelas que podem machucar, mesmo que sem querer o próximo?

Se você quer ter amigos, e reclama de não tê-los, seja você um de alguém. Quando nos colocamos no papel do “próximo” percebemos que nós nao somos tão amigos assim, e que fomos magoados por nos mesmos.

Dizer que não da pra confiar no próximo eh fácil, difícil é ser confiável.  Dizer que nao da mais pra acreditar em ninguém é mole, quero ver voce ser um depositário de confiança alheia.

O problema é que criticamos muito o mundo como que se nós nao morássemos nele e nao tivéssemos nenhuma parcela de responsabilidade. E acaba que dessa forma, o problema é sempre o outro…são sempre eles que são os causadores. Nunca nós.

Quando você diz que nao dá pra confiar em ninguém, nao se esqueça que voce também esta inserido nesse “ninguém”.

“Ah, nao se pode confiar mais nas pessoas” : Ué, voce se tornou algum elefante? Algum macaco? Deixou de ser uma pessoa? Nao seja ridículo e prepotente sendo excludente se algo que voce também é o culpado. Quando voce diz isso, esta assinando sua própria sentença de descrédito!

Haveriam mais amigos se cada um de nós, tentássemos ser realmente mais próximos daqueles que por nós são considerados chatos e esquisitos. Seria o renascimento da tolerância.

É incrível como odiamos uma fofoca com nosso nome,  mais intrigante ainda é como somos capazes de levar uma conversinha com o nome do outro para outro. E levamos mesmo. Quando vemos…já foi! E ai não tem como mais nos colocarmos acima destes que consideramos, juntos numa massa só, como sendo os falsos e hipócritas indignos de confiança.

Meu conselho é que sigamos o exemplo de Jesus: Ele oferece aquilo que  Ele é. Ele é amigo, por isso oferece amizade. Ele é a paz, por isso ele oferece a doce paz. E que, se eu e voce quisermos amigos, nao reclamemos dos outros, mas ofereçamos a nós mesmos como amigos fiéis, independentemente da resposta deles. Mesmo que eles se fechem, e se mantenham intransponíveis, que nossa amizade e apoio estejam sempre la.

Que percebamos quem somos nessa existência, e o que devemos fazer. Que entendamos nossas responsabilidades e deveres. Que saibamos que, neste mundo tão difícil de viver,existe mesmo de tudo, inclusive você e eu.

amigos de verdade

 

Um abraço e que Deus nos abençoe!

João Marques