O mundo impressionante e invisível dos seres microscópicos nos é desvendado pelos vencedores do concurso “Small World”

0
34

Por: Suzana Camargo

Há todo um mundo de seres que são invisíveis aos nossos olhos, mas nem por isso, menos importantes para a nossa sobrevivência e o equilíbrio do meio ambiente. E uma vez por ano, uma pequena parte dele nos é desvendada, para nós leigos, pelo concurso Small World, promovido pela marca Nikon.

Lançada em 1975, há quase 50 anos a competição internacional reúne imagens feitas pelas lentes de microscópios, que revelam a beleza e a complexidade de minúsculas criaturas. O objetivo é também reconhecer o importantíssimo trabalho de pesquisadores e cientistas ao redor do planeta que utilizam estas imagens para seus estudos e descobertas.

O concurso é dividido em duas categorias principais, a de Fotomicrografia e a de Vídeos. A primeira é uma técnica fotográfica de obtenção de imagens ampliadas por meio de lentes ópticas poderosas que permitem observar detalhes de estruturas não visíveis à vista humana, tais como células e micróbios, sem a ajuda de aparelhos especiais.

Recentemente foram divulgados os grandes vencedores do Small World. O prêmio principal deste ano ficou com Grigorii Timin, pesquisador do Departamento de Genética da Evolução da Universidade de Genebra, na Suíça. A imagem dele, logo abaixo, mostra a pata embrionária de uma lagartixa gigante de Madagascar (Phelsuma grandis). Nela é possível ver em diferentes cores nervos, tendões, ligamentos, pele e células sanguíneas.

“Esta pata tem cerca de 3 mm de comprimento, o que é uma amostra enorme para microscopia de alta resolução”, contou Timin. “Esta imagem em particular é linda e informativa, mostrando como as estruturas são organizadas em um nível celular”.

O mundo impressionante dos seres microscópicos nos é desvendado pelos vencedores do concurso "Small World"Já a imagem em destaque, que abre este post, é de Yousef Al Habshi, de Abu-Dhabi, e mostra as cores impressionantes e todos os detalhes do corpo do besouro Chrysochroa bucotti rugicollis.

Entre os quatro jurados do Small World 2022, que incluem editores de fotografia dos jornais The New York Times e the Washington Post, está um brasileiro, Gustavo Menezes, chefe do Centro de Biologia Gastrointestinal da Universidade Federal de Minas Gerais.

Abaixo seguem algumas imagens que nos chamaram a atenção, entre aquelas premiadas ou que receberam menções especiais:

O mundo impressionante dos seres microscópicos nos é desvendado pelos vencedores do concurso "Small World"
Larva de mosquito coletada de poça de de água doce
Karl Gaff, Irlanda

Uma mosca sob o queixo de um besouro tigre
Murat Öztürk, Turquia


Aranha de pernas longas (Pholcus phalangioides)
Andrew Posselt, Estados Unidos

Fotos: divulgação Small World

Suzana Camargo
Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante 6 anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, vive agora em Washington D.C.

Compartilhe isso: