Colégio Estadual Barão de Tefé de Seropédica realiza Feira de Ciências

0
602

Após o período crítico de Pandemia do Coronavírus, que levou dois anos, as escolas retornaram com as aulas presenciais, e começam a investir na recuperação da aprendizagem, como está acontecendo com o Colégio Estadual Barão de Tefé de Seropédica.

Nesta quarta-feira (27), professores e alunos realizaram a Feira de Ciências, onde foi apresentado dezenas de trabalhos. Os alunos exercitaram a capacidade de trabalhar e desenvolverem em grupo experiências de aprendizagem significativa nas disciplinas de Ciências, Química e Física, sob a supervisão dos professores; Luiza Mateus, Ionice Cardoso, Karla Marques, Anete Nunes, Gisele Ventura, Bruno Santos e Patrícia Miranda.

A Diretora Marcia Paiva, tem procurado investir na educação de seus alunos, criando projetos como a Feira de Ciências; “As Feiras de ciências que realizamos no Barão de Tefé possibilitam aos alunos a oportunidade de vivenciarem a pesquisa de uma forma prática, já que por meio da realização dos projetos científicos os alunos pesquisam, formulam hipóteses, experimentam, fazem observações e interpretam os resultados obtidos, com isso estimula o aprendizado”. Destaca Marcia.

Dentro dos trabalhos realizados pelos professores do Colégio Estadual Barão de Tefé, existe uma parceria com o PIBID da UFRRJ, que é o Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência.

A Professora e Coordenadora do Programa (PIBID), de Iniciação a Docência, Helena Regina Pinto Lima, e o Professor de Anatomia Vegetal, Rafael Ribeiro Pimentel, da UFRRJ, estiveram acompanhando os alunos Bolsistas de Iniciação a Docência que fazem curso de Licenciatura de Ciências Biológicas na Rural, que vieram participar do evento dando aulas aos alunos do Barão de Tefé na Feira de Ciências. A professora Helena esclareceu que este programa estimula os alunos recém-chegados ao curso, a conhecer e ter este contato com as escolas públicas, onde eles terão uma vivencia ao longo de um ano e meio com as escolas que fazem parceria com a Universidade.

“Dentre os principais objetivos que o PIBID pretende atingir estão: incentivar a formação de professores para a educação básica, contribuindo para a elevação da qualidade da escola pública; valorizar o magistério, incentivando os estudantes que optam pela carreira docente; elevar a qualidade das ações acadêmicas voltadas à formação inicial de professores nos cursos de licenciatura das instituições públicas de educação superior; inserir os licenciandos no cotidiano de escolas da rede pública de educação, promovendo a integração entre educação superior e educação básica; proporcionar aos futuros professores participação em experiências metodológicas, tecnológicas e práticas docentes de caráter inovador e interdisciplinar e que busquem a superação de problemas identificados no processo de ensino-aprendizagem”. Destaca a Professora Helena.

A Professora e Supervisora do Projeto PIBID Biologia, Cleonice de Oliveira Moreira Cardoso, do Colégio Barão de Tefé, esteve acompanhando os trabalhos realizados pelos seus alunos na Feira de Ciências, e enfatizou que o projeto teve como objetivo fazer com que os alunos tivessem experiências em atividades em conjunto, explorando assim diversas formas concretas de aprendizagem significativa, como também o exercício da pesquisa, leitura, paciência, perseverança e trabalho em grupo.