SECRETARIA DE SAÚDE DE SEROPÉDICA APRESENTA PROJETO SAÚDE NA ARÉA

A secretaria de Saúde e Defesa Civil em parceria com o Conselho Municipal de Saúde apresentou na manhã desta terça-feira (21) o Projeto Saúde na Área no Auditório da Câmara Municipal.

O projeto tem por objetivo esclarecer as dúvidas, apresentar o funcionamento do sistema de Saúde para a população e o Projeto de Expansão da Saúde.

O encontro contou com palestras com os seguintes temas: Conhecendo o Sistema Único de Saúde; Funcionamento da Atenção Básica no município de Seropédica; Apresentação dos Programas de Saúde e suas Importâncias; A importância do Complexo Regulador do município; e a Apresentação do projeto de Expansão da Saúde.

Em sua fala o secretário de Saúde e Defesa Civil Marcus Baroni apresentou a situação atual da rede de saúde e afirmou que o município possui 16 equipes de Estratégia de Saúde da Família (ESF), 1 unidade pré hospitalar, 1 unidade de pronto atendimento, 1 maternidade que no momento passa por reforma, 1 Centro de Especialidades Médicas, 1 CAPS, 1 Centro de Especialidades Odontológicas e 1 unidade da SAMU. “Seropédica possui uma população de 80.138 habitantes e o ESF cobre cerca de 63,8% desta população, para cobrirmos 100% da população temos que instalar mais 7 equipes de ESF e é o que pretendemos fazer ainda este ano”, garantiu.

Secretaria de Saúde apresenta Projeto Saúde Na Área

Secretaria de Saúde apresenta Projeto Saúde Na Área

Marcus Baroni enfatizou que através destas expansões do serviço de Saúde espera-se a melhora no atendimento aos munícipes, permitindo o acesso aos serviços, assim como um atendimento humanizado como preconiza o SUS.

Rosana Valverde, diretora de Atenção Básica, explicou que as Unidades Básicas de Saúde (PSF) são a porta de entrada da saúde, pois recebe o usuário que busca cuidados e atenção para seus problemas, atendimento às suas necessidades básicas de saúde tendo uma equipe para atendê-lo que o conhece através de seu núcleo familiar e do meio ambiente em que vive. “Os usuários devem ser encaminhados pelos profissionais das Unidades Básicas de Saúde para os serviços de saúde de nível secundário e/ou terciário de assistência, como o acesso às consultas com especialistas e exames. E se possível, a equipe as UBS realiza a marcação das consulta e exames”, explicou.

O Presidente do Conselho Municipal de Saúde, Miguel Jorge de Oliveira, declarou que era importante que a população participasse de eventos como este  para tomar conhecimento do que é oferecido no município. “Infelizmente a população que é a maior interessada não se faz presente de forma expressiva nestes eventos”, finalizou.

Dados do Autor

EMAIL SITE /BLOG

Dados desta matéria

Publicidade